Empréstimos para MEI: Entenda como funciona o processo

Para iniciar sua empresa os Microempreendedores Individuais (MEI) na maioria das vezes necessitam recorrer a empréstimos. O crédito muitas vezes é determinante quando se necessita impulsionar um pequeno negócio com potencial de lucros futuros.

Neste artigo você vai entender como funciona a concessão de empréstimos para MEI.

Quem é considerado um microempreendedor individual

Para se enquadrar na categoria de Microempreendedor Individual (MEI) é necessário que a empresa possua um faturamento de, no máximo, R$ 81.000,00 por ano e apenas um funcionário. Além disso, é necessário que o empreendedor não participe como sócio ou titular de outra empresa.

As atividades da MEI estão previstas no Anexo XI, da Resolução CGSN nº 140, de 2018.

Condições de empréstimos para MEI

Quando o Microempreendedor solicita créditos a instituições financeiras comprovando sua aplicação exclusivamente em seu empreendimento este tem direito a condições especiais e redução nas taxas de juros cobradas. O crédito concedido deve ser utilizado para atividades como obras civis, investimento em maquinário, insumos, matérias-primas ou produção de bens.

Para aumentar as chances de ter os empréstimos para MEI concedidos o microempredor deve ser capaz de comprovar aos bancos ou instituições financeiras que seu negócio será rentável no futuro. Por isso, apresentar um plano de negócios pode ajudar, especificando onde o dinheiro será aplicado.

Microcrédito para MEI

Existe uma linha especial de empréstimos para MEI, chamado de microcrédito. Nesta modalidade há menos burocracia e são concedidos valores menores de empréstimo, normalmente inferiores a R$ 20.000,00, variando de acordo com a instituição.

Esta modalidade é oferecida pelo BNDES e este interage com os microempreendedores por intermédio de instituições financeira e bancos. Estas instituições são listadas pelo próprio BNDES e disponibilizado em seu site. Por determinação do BNDES todas as taxas do empréstimo para MEI não pode exceder 4 % ao mês.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *